pela transparência da concertação social

   

autor:

REQUERIMENTO

Exmo. Sr. Ministro da Educação, Ciência e Inovação, Dr. Fernando Alexandre 

Venho por este meio solicitar a divulgação das atas, que relatam o teor das reuniões concertação social, que tiveram lugar nos dias 3 e 13 de maio.

Este requerimento prende-se com a imperiosa necessidade de, uma vez ultrapassado o problema da da proteção de dados da equipa técnica do Ministério da Educação, contribuir para a transparência dos factos e para a salvaguarda da Concertação Social.

O tema que Vossa Excelência decidiu colocar no centro de mais um ciclo negocial, anda de mesa em mesa, sem transparência e resultados dignos há mais de 19 anos, pelo que, no sentido de evitar que a intriga em torno da negociação desperte desvarios e suspeições, para as quais a paciência há muito se esgotou, solicita-se a divulgação de todos os dados, em tempo útil, que contribuam para a transparência do processo.

Antecipadamente grata (o) 

Saudações académicas.

__________

Assinatura 

Enviar para

Em papel : Av. Infante Santo, n.º 2 , 1350-178 Lisboa

Em versão digital : https://www.portugal.gov.pt/pt/gc24/area-de-governo/educacao-ciencia-e-inovacao/contactos

2 comentários a “pela transparência da concertação social”

  1. Avatar de Carla Gomes
    Carla Gomes

    Este requerimento deveria ser um ponto base para todos os sindicatos que nos dizem representar.
    Nós, professores, que todos os dias, imbuídos do espírito de luta pela defesa de uma melhor Escola, e por conseguinte, uma melhor Educação, merecemos esta transparência.
    É o mínimo que se pode garantir à mesa de quem negoceia o nosso futuro!
    Para além desta urgente transparência, urge apresentar os dados do estudo de impacto nas contas do orçamento de estado, apresentadas pela UTAO.
    É inacreditável que alguém com a responsabilidade ministerial que lhe assiste, possa adiantar que esses valores não os poderão apresentar de momento, com risco de influenciarem a negociação.

    1. Avatar de admin
      admin

      Vamos enviar esses requerimentos a todos os envolvidos, basta de intrigas e desculpas de mau-pagador!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *